26/11/09

Com as formas geométricas fizemos...

Depois de vermos o filme no youtube das formas geométricas olha o que fizemos




24/11/09

Á volta das formas geométricas o que fizemos....e o que vamos fazer


Á volta das formas geométricas o que fizemos....e o que vamos fazer


A expressão é um meio de descoberta de si e dos outros e das interacções e interrelações sociais e se for potenciada para explorar conteúdos matemáticos, geográficos e de outros espaços de intervenção didáctica, revela-se fundamental para as aprendizagens nestes níveis etários. Nesta actividade, concretamente, exploraram-se conteúdos matemáticos, de reconhecimento de formas geométricas básicas e outras noções matemáticas fundamentais para o desenvolvimento de competências lógico-matemáticas e de raciocínio científico.


Cantamos a canção das formas

Eu sou o quadrado
bonito demais
tenho quatro lados
todos iguais

Eu sou o rectângulo
cresci mais de um lado
p'ra fazer inveja
ao senhor quadrado

Eu sou o triângulo
tenho três biquinhos
p'ra fazer chapéus
para os palhacinhos

Eu sou o círculo
sou igual à lua
sou o mais bonito
lá da minha rua




A expressão é um meio de descoberta de si e dos outros e das interacções e interrelações sociais e se for potenciada para explorar conteúdos matemáticos, geográficos e de outros espaços de intervenção didáctica, revela-se fundamental para as aprendizagens nestes níveis etários. Nesta actividade, concretamente, exploraram-se conteúdos matemáticos, de reconhecimento de formas geométricas básicas e outras noções matemáticas fundamentais para o desenvolvimento de competências lógico-matemáticas e de raciocínio científico.




Depois fomos descobrir as formas que havia na nossa sala . Vimos formas geométricas em todos os lados: nas portas, nas janelas, nas mesas, nos móveis, nos papéis..

No livro das formas já nosso conhecido vimos ainda mais formas .....

Com gometes fizemos lindas produções

Também contornamos formas dos blocos lógicos e pintamos e inventamos ...





Neste link poderás encontar muitas coisas giras sobre as formas

http://nonio.eses.pt/eusei/jardim.asp?t=0

http://www.sitiodosmiudos.pt/matematica/default.asp?url_area=D


Ouvimos a música do TRUZ TRUZ POR 1 TRIZ



OLá amiguinhos hoje foi um dia diferente ...a mãe da Joana trouxe um Cd com a música da dança que ouvimos no espectáculo do Dançarte..com muita atenção identificamos os sons e os instrumentos e as partes do espactáculo..Estavamos muito atentos... a Fátima explicou que a música também se escrevia mas de uma forma diferente ...a Joana mostrou também os livros que tinha trazido e todos vimos com muita atenção.






No quadro a Fátima desenhou-as e explicou uma por uma as notas...em seguida cantamos a Pauta ....com as notas dó ré mi fá sol lá si dó..para cima e para baixo....

Eu perdi o dó da minha viola foia canção que aprendemos a seguir...



22/11/09

Fomos à Dançarte ....adoramos...

A Ida Ao Dançarte





Com os nossos bonés novos esperamos
no tapete pelos amigos todos


fomos de autocarro até ao Pinhal Novo
e pelo caminho vimos as casas de algumos amigos




pelo caminho vimos ...o filme Bob o construtor
o autocarro tinha todas as condições de segurança




Na entrada tivemos uma senhora da CMP
que nos indicou o caminho


já no auditório....



ouvimos com muita atenção o que Sofia nos explicou
e com o capacete fomos viajar até ao mundo da dança



muito atentos muitas palmas sempre se ouviram
porque gostamos
muito das senhoras que se despiam e vestiam de palhaços e outras personagens ...foi a parte que adoramos...


No final conversamos.... e vimos as bailarinas de perto
e tivemos oportunidade de dizer o que tinhamos gostado mais



à Tarde já na nossa sala relembramos o espectáculo e fizemos
um texto que ilustramos


estas iniciativas são de louvar ....e nós agradecemos
vamos participar no concurso que a dançarte promove
os trabalhos vão ficar lindos....

16/11/09

Mais uma dança para experimentar nesta semana também vamos aprender...

Semana da Dança - Experimente dançar em casa

Semana da Dança

DANÇARTE - Sala 3 vai assistir ao espectáculo no dia 20 de Novembro clica aqui


Truz truz por 1 triz

Nova peça da DançArte para crianças Estreia na Semana da Dança 2009 de 17 a 20 - espectáculos comunidade educativa/ Palmela - pré-escolar Dia 21 de Novembro, 11h - espectáculo aberto ao público Auditório Municipal, Pinhal Novo

A Sala 3 vai ao espectáculo no dia 20 de Novembro das 8h 50 às 11 horas por isso neste dia todas as crianças deverão estar no JI às 8h 30 m


http://www.passosecompassos.pt/dancarte/index2.html

neste link poderá ver mais sobre esta semana

participem que vale a pena

11/11/09

A Volta da Maria Castanha..e a Festa do Magusto

Click to play this Smilebox slideshow: O Magusto na sala 3
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Make a Smilebox slideshow

canção das castanhas

video

à volta do S. Martinho




A história de S. Martinho

Diz a lenda que Martinho, nascido na Hungria em 316, era um soldado. Era filho de um soldado romano. O seu nome foi-lhe dado em homenagem a Marte, o Deus da Guerra e protector dos soldados. Aos 15 anos vai para Pavia (Itália). Em França abraçou a vida sacerdotal, sendo famoso como pregador. Foi bispo de Tous. Certo dia de Novembro, muito frio e chuvoso, estando em França ao serviço do Imperador, ia Martinho no seu cavalo a caminho da cidade de Amiens quando, de repente, começou uma terrível tempestade. A certa altura surgiu à beira da estrada um pobre homem a pedir esmola. Como nada tivesse, Martinho, sem hesitar, pegou na espada e cortou a sua capa de soldado ao meio, dando uma das metades ao pobre para que este se protegesse do frio. Nessa altura a chuva parou e o Sol começou a brilhar, ficando, inexplicavelmente, um tempo quase de Verão. Daí que esperemos, todos os anos, o Verão de S. Martinho. E a verdade é que S. Martinho raramente nos decepciona. Em sua homenagem, comemoramos o dia 11 Novembro com as primeiras castanhas do ano, acompanhadas de vinho novo. É o Magusto, que faz parte das tradições do nosso país.

Depois de ouvirmos a História de S. Martinho e de sabermos porque comiamoss castanhas nesta altura ..aprendemos a canção das castanhas .....e tentamos ler...ou seja é muito importante nesta fase do Pré-escolar que as crianças apreendam o sentido da escrita e de todas as formas de escrita...assim todos tinhamos o texto da canção e até parece que estamos a ler....



CANTAMOS E APRENDEMOS NESSA DIA A CANÇÃO INTEIRINHA
depois ilustramos os textos que ficaram lindos


abrangendo todas algumas áreas de conteúdo ...desenvolvemos a motricidade fina picotando castanhas e decorando com bolinhas feitas com papel frisado que decoramos a nossa sala


08/11/09

Plano Nacional de Leitura - Projecto Vai Vem

Click to play this Smilebox postcard: Projecto Vai Vem - Ler +
Create your own postcard - Powered by Smilebox
Make a Smilebox postcard

Projecto Ler + - Leitura Vai Vem


Envolvimento das Famílias no Projecto

Sensibilização das famílias para a importância dos livros de histórias e outros, para a aprendizagem e para o desenvolvimento cognitivo e afectivo das crianças.

Como vamos fazer....

  • Distribuir pequenos textos com sugestões para leitura em família;

  • Distribuir cópias das listas de livros recomendados;

  • Organizar empréstimo domiciliário de livros da sala ou da biblioteca;

  • Incentivar os pais a oferecerem um livro para a sala ou para a biblioteca;

  • Organizar uma feiras do livro
  • Convidar os pais e incentivá-los a presentearem os filhos com um ou mais livros adequados à idade e aos interesses da criança;

  • Organizar festas em ocasiões propícias e apresentar trabalhos realizados pelas crianças sobre os livros que foram lidos na sala.
Sugestões para ler em família
  • 1.ª Etapa: Apresentação do Livro/Leitura


    Apresentar o livro de forma sugestiva, chamando a atenção para as imagens, para as personagens e situações, despertando a curiosidade pelo enredo
    Ler e contar a história, mostrando bem o livro e cada uma das páginas, apresentar as ilustrações, chamar a atenção para pormenores engraçados a fim de prender a atenção das crianças e assegurar a compreensão da história
    Sempre que possível, criar empatia com as personagens e clima de emoção

    2.ª Etapa: Reconto/Diálogo


    Terminada a leitura/apresentação, promover o reconto da história em diálogo, assegurando que todas as crianças participam
    Explicar o que for necessário recorrendo às imagens para esclarecer passagens que não tenham sido bem compreendidas
    Tentar captar na expressão das crianças se todas captaram a história e construíram imagens mentais

    3.ª Etapa: Actividades para Reforço do Interesse pelo Livro e pela História e para Desenvolvimento de Outras Competências

    Alguns exemplos:


    Ilustrações


    Recorte e colagem de figuras e pintura de cenas alusivas à história


    Elaboração de versos sobre a história que encaixem em músicas conhecidas para poderem ser cantadas
    Dramatização de cenas que reproduzam os momentos da história
    Elaboração de fantoches, de silhuetas para teatro de sombras e dramatização de cenas que reproduzam os momentos da história


  • Jogos de descoberta e de adivinhas para verificar compreensão e adesão



aqui neste link poderá encontrar toda a informação do projecto que abraçamos desde 2008



http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/escolas/projectos.php?idTipoProjecto=16#

04/11/09

As expressões artísticas no Outono

Click to play this Smilebox photobook: as nossas produções
Create your own photobook - Powered by Smilebox
Make a Smilebox photobook

OUTONO - Trabalho dos Pais

Click to play this Smilebox slideshow: trabalho dos Pais - Outo
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Make a Smilebox slideshow

Vivenciamos o Outono....

O OUTONO ...





Abrangendo e cruzando as diferentes áreas de conteúdo desde a expressão oral e escrita até ao conhecimento do Mundo o que fizemos com esta temática?


Conversando sobre o Outono , vimos ouriços de castanha que a professora Teresa e os meninos da sua turma nos ofereceram


uma maravilhosa visita a nossa sala

Fomos observar as árvores que temos no recreio..as oliveiras, as amoreiras e os pinheiros e trouxemos azeitonas. Trouxemos bolotas e folhas e falamos sobre o sobreiro e fomos ver o que temos à entrada da escola, aprendemos que as árvores são muito úteis na natureza e o sobreiro ...a sua casca é a cortiça e que serve para fazer muita coisa.


A Joana trouxe objectos feitos da casca do sobreiro ou seja de cortiça para todos vermos...uma mala, um suporte de tachos e uma régua.


No dia seguinte com as rolhas que tinhamos trazido de casa fizemos lindos sobreiros utilizando a técnica da carimbagem.


Ouvimos uma história e fizemos uma poesia: " A árvore generosa" Registámos o que
aprendemos fizemos lindos desenhos, colagens e recortes de folhas para decorar a nossa sala



Pedimos aos Pais que fizessem um trabalho em família e surgiram lindas produções

Aprendemos a dizer árvore em inglês e decoramos para o nosso dicionário....cantamos e dançamos lindas canções e a escrever e identificar em português a palavra árvores